Sumário

Entre em contato com um especialista

    Importancia de um advogado especialista em direito bancario

    importancia de um advogado especialista em direito bancario

    O que faz um advogado especialista em direito bancário?

    Problemas com Bancos e Instituições Financeiras são mais comuns do que se imagina e a boa notícia é que existem direitos que protegem os clientes dos abusos praticados por estas empresas.

    Nesta página, você vai conhecer quais são os principais direitos frente aos Bancos e Instituições Financeiras, entendendo como funciona a defesa e quais são as melhores práticas para buscar a devida indenização.

    Confira a seguir algumas situações que configuram abusos e podem gerar indenizações e veja como nossos advogados especialistas em Direito Bancário podem ajudar você a garantir seus direitos e buscar a compensação adequada.

    Muitas vezes, os clientes enfrentam dificuldades financeiras e não conseguem pagar suas dívidas com bancos e instituições, buscando na renegociação de dívidas uma opção viável para reorganizar as contas.

    Todavia, é comum se deparar com práticas injustas e abusivas por parte dos bancos nesses processos de renegociação.

    Por isso, é importante estar atento aos contratos dessas negociações, ter confiança na instituição financeira que você está buscando ajuda e contar com a assistência especializada na negociação, para garantir que você seja tratado de forma justa e evitar práticas abusivas nesse processo.

    Contar com o auxílio de um advogado especializado em crédito e finanças bancárias para trabalhar em conjunto com você e com a instituição financeira pode ser essencial para chegar a um acordo que seja justo e viável, considerando sua situação econômica atual.

    Se você está enfrentando dificuldades financeiras e procura a renegociação de dívidas como uma solução para restaurar seu equilíbrio financeiro, não aceite práticas injustas e abusivas por parte das instituições bancárias. A Rosenbaum Advogados com sua assessoria poderá ajudar você a para assegurar seus direitos e alcançar um acordo justo.

    O superendividamento é um problema que afeta milhares de pessoas e que ocorre quando se acumula dívidas que ultrapassam sua capacidade de pagamento, comprometendo sua saúde financeira.

    Se você está enfrentando essa situação, saiba que existem soluções legais que visam restaurar sua estabilidade financeira e que você pode contar com uma orientação especializada para te ajudar a encontrar soluções adequadas e evitar o agravamento da situação.

    Nesse sentido, o advogado especialista em superendividamento pode representá-lo legalmente, avaliar suas obrigações e orientá-lo sobre seus direitos, buscando opções para lidar de forma eficaz com o superendividamento.

    Não encare o superendividamento sozinho. Com a expertise dos advogados da Rosenbaum Advogados, você poderá ter maiores informações para guiá-lo rumo à estabilidade financeira.

    A segurança bancária é uma preocupação constante nos dias de hoje. Segundo levantamento da Serasa Experian, os brasileiros sofrem uma tentativa de golpe a cada oito segundos.

    Nesse contexto, golpes como a fraude de portabilidade e o vishing têm se tornado cada vez mais comuns.

    A fraude de transferência de crédito ocorre quando.

    Por que contratar um advogado especialista?

    O advogado especialista tem conhecimento específico das dores que seus clientes passam e pode trazer soluções mais eficientes para cada uma delas, erradicando ou reduzindo-as, a depender do caso. Um exemplo de atuação específica para pessoas jurídicas é a gestão de risco na área da saúde.

    Qual advogado cuida de problemas com banco?

    Um advogado especialista na área do direito bancário poderá assessorar Instituições Financeiras, Fintechs e Empresas de Meios de Pagamento tanto na sua estruturação quanto nas relações negociais com clientes e também na análise de regulamentações do BACEN, CVM e CMN.O advogado especialista em Direito Bancário elabora e analisa os contratos de empréstimos, abertura de crédito rotativo, conta digital, cartão de crédito, cédulas de crédito bancárias, cessão e alienação fiduciária de direitos creditórios, entre outros.O advogado também poderá atuar na recuperação de crédito bancário através de condutas extrajudiciais e também com o ingresso de medidas judiciais.Quem busca por um advogado especialista em cobrança normalmente está em busca de reaver um valor que é devido, mas parece não ter perspectivas de ser pago. Estes valores podem ser devidos no âmbito pessoal ou empresarial, mas sempre impactam a vida e a capacidade de planejamento dos credores.É claro que existem, também, os clientes em busca de um advogado especialista em cobrança para implementar uma solução preventiva. Nestes casos, busca-se reduzir a inadimplência geral, normalmente de um negócio, por meio de estratégias de cobrança e aplicação de regras inteligentes.Recentemente observamos um aumento significativo de pessoas interessadas na atuação de um advogado especialista em cobrança. São mais e mais pessoas e negócios em busca de valores aos quais já têm direito, mas sequer sabem como realizar uma cobrança eficiente e que não implique em uma eventual indenização para o devedor.Por isso, nossa equipe especialista no assunto preparou o artigo de hoje. Nele, falamos sobre a atuação de uma advogado especialista em cobrança, seja na parte preventiva ou na parte contenciosa. Além disso, abordamos os passos comuns feitos para realizar uma recuperação de crédito, desde as tentativas extrajudiciais até a necessidade de busca por um processo judicial tradicional.Ao final, nossa equipe especialista em cobrança elaborou respostas rápidas para as perguntas que mais recebemos sobre o assunto. Nela, você pode tirar dúvidas que também podem ser suas e compreender melhor as dimensões desse serviço. Desejamos que o material seja altamente proveitoso e que facilite a sua compreensão das possibilidades de cobrar valores devidos a você. Boa leitura!Fale com um advogado especialista. Um advogado especialista em cobrança é aquele que atua tanto sobre uma ótica preventiva da questão de créditos, quanto na perspectiva contenciosa, em que é necessário tomar ações de cobrança de fato. Essas ações podem ser tomadas no escopo extrajudicial, de cobrança direta, ou na Justiça.Como veremos a seguir, esses dois formatos de trabalho não são excludentes entre si. Pelo contrário, fazem parte de um fluxo estratégico que, de um lado, diminui as chances de inadimplência do devedor e, do outro, assegura um processo de cobrança mais eficiente nos casos em que as ações diretas não foram suficientes.Nos próximos

    Que tipo de advogado para processar um banco?

    Processar o banco parece ser a única alternativa para resolver seu problema? Antes, veja o que você precisa fazer.

    Quando o banco comete algum erro, abuso ou ilegalidade, antes de entrar para as vias judiciais tente resolver de forma amigável. Em algumas situações o acordo acontece de forma satisfatória.

    Aqui é interessante lembrar que um advogado bancário pode ajudar a averiguar se algo está errado, por exemplo: caso o banco esteja cobrando juros indevidos, é interessante contratar um escritório de advocacia especialista em Direito do Consumidor Bancário para analisar a cobrança de juros dos últimos 10 anos.

    O banco tem que devolver dinheiro para o cliente se cobrou a mais. E geralmente, cobra a mais mesmo.

    O advogado faz a análise e o cálculo, e pode sugerir uma cobrança amigável ou dependendo do caso pular direto para a parte de entrar com ação contra o banco.

    Leia também: Dinheiro de volta: 4 motivos para fazer a revisão da conta bancária

    Isso significa que você deve registrar todas as ocorrências, desde o erro ou abuso, até suas tentativas de informar ao banco e acordar de maneira amigável. No processo judicial, essas ações documentadas e formalizadas servem como evidências e provas.

    Mais uma vez, você pode contar com a expertise de um advogado nesta etapa também.

    Uma alternativa antes de seguir para o processo na Justiça comum é fazer a reclamação formal no Procon ou até mesmo no Bacen. Se depois disso o banco continuar sem resolver, avalie ingressar do Juizado Especial Cível – o famoso Pequenas Causas, que costuma ser mais rápido.

    Leia também: Como processar um banco por cobrança de juros indevidos

    Para ingressar na Justiça Comum, você precisa: juntar toda a documentação referente a situação de ilegalidade ou abuso bancário – como citamos no segundo item, é necessário documentar tudo.

    Documentos que mostrem a tentativa pelo Procon também ajudam. E, claro, conte com um advogado.

    Além de exigir a devolução de cobranças indevidas, você pode exigir indenização por danos morais ou materiais que a instituição tenha causado.

    O que faz um advogado especialista em direito bancário?

    Um advogado especialista em direito bancário é um profissional que possui conhecimento aprofundado da área do direito que trata dos aspectos relacionados às relações entre bancos e seus clientes, incluindo o processamento de empréstimos, depósitos, emissão de contas bancárias, câmbio e financiamento de veículos.

    Qual advogado resolve problemas de banco?

    Um advogado especialista na área do direito bancário poderá assessorar Instituições Financeiras, Fintechs e Empresas de Meios de Pagamento tanto na sua estruturação quanto nas relações negociais com clientes e também na análise de regulamentações do BACEN, CVM e CMN.

    O advogado especialista em Direito Bancário elabora e analisa os contratos de empréstimos, abertura de crédito rotativo, conta digital, cartão de crédito, cédulas de crédito bancárias, cessão e alienação fiduciária de direitos creditórios, entre outros.

    O advogado também poderá atuar na recuperação de crédito bancário através de condutas extrajudiciais e também com o ingresso de medidas judiciais.

    Quem busca por um advogado especialista em cobrança normalmente está em busca de reaver um valor que é devido, mas parece não ter perspectivas de ser pago. Estes valores podem ser devidos no âmbito pessoal ou empresarial, mas sempre impactam a vida e a capacidade de planejamento dos credores.

    É claro que existem, também, os clientes em busca de um advogado especialista em cobrança para implementar uma solução preventiva. Nestes casos, busca-se reduzir a inadimplência geral, normalmente de um negócio, por meio de estratégias de cobrança e aplicação de regras inteligentes.

    Recentemente observamos um aumento significativo de pessoas interessadas na atuação de um advogado especialista em cobrança. São mais e mais pessoas e negócios em busca de valores aos quais já têm direito, mas sequer sabem como realizar uma cobrança eficiente e que não implique em uma eventual indenização para o devedor.

    Por isso, nossa equipe especialista no assunto preparou o artigo de hoje. Nele, falamos sobre a atuação de uma advogado especialista em cobrança, seja na parte preventiva ou na parte contenciosa. Além disso, abordamos os passos comuns feitos para realizar uma recuperação de crédito, desde as tentativas extrajudiciais até a necessidade de busca por um processo judicial tradicional.

    Ao final, nossa equipe especialista em cobrança elaborou respostas rápidas para as perguntas que mais recebemos sobre o assunto. Nela, você pode tirar dúvidas que também podem ser suas e compreender melhor as dimensões desse serviço. Desejamos que o material seja altamente proveitoso e que facilite a sua compreensão das possibilidades de cobrar valores devidos a você. Boa leitura!

    Fale com um advogado especialista. Um advogado especialista em cobrança é aquele que atua tanto sobre uma ótica preventiva da questão de créditos, quanto na perspectiva contenciosa, em que é necessário tomar ações de cobrança de fato. Essas ações podem ser tomadas no escopo extrajudicial, de cobrança direta, ou na Justiça.

    Como veremos a seguir, esses dois formatos de trabalho não são excludentes entre si. Pelo contrário, fazem parte de um fluxo estratégico que, de um lado, diminui as chances de inadimplência do devedor e, do outro, assegura um processo de cobrança mais eficiente nos casos em que as ações diretas não foram suficientes.

    Nos próximos.

    Que tipo de advogado para processar um banco?

    Processar o banco parece ser a única alternativa para resolver seu problema? Antes, veja o que você precisa fazer.

    Quando o banco comete algum erro, abuso ou ilegalidade, antes de entrar para as vias judiciais tente resolver de forma amigável. Em algumas situações o acordo acontece de forma satisfatória.

    Aqui é interessante lembrar que um advogado bancário pode ajudar a averiguar se algo está errado, por exemplo: caso o banco esteja cobrando juros indevidos, é interessante contratar um escritório de advocacia especialista em Direito do Consumidor Bancário para analisar a cobrança de juros dos últimos 10 anos.

    O banco tem que devolver dinheiro para o cliente se cobrou a mais. E geralmente, cobra a mais mesmo.

    O advogado faz a análise e o cálculo, e pode sugerir uma cobrança amigável ou dependendo do caso pular direto para a parte de entrar com ação contra o banco.

    Leia também: Dinheiro de volta: 4 motivos para fazer a revisão da conta bancária

    Isso significa que você deve registrar todas as ocorrências, desde o erro ou abuso, até suas tentativas de informar ao banco e acordar de maneira amigável. No processo judicial, essas ações documentadas e formalizadas servem como evidências e provas.

    Mais uma vez, você pode contar com a expertise de um advogado nesta etapa também.

    Uma alternativa antes de seguir para o processo na Justiça comum é fazer a reclamação formal no Procon ou até mesmo no Bacen. Se depois disso o banco continuar sem resolver, avalie ingressar do Juizado Especial Cível – o famoso Pequenas Causas, que costuma ser mais rápido.

    Leia também: Como processar um banco por cobrança de juros indevidos

    Para ingressar na Justiça Comum, você precisa: juntar toda a documentação referente a situação de ilegalidade ou abuso bancário – como citamos no segundo item, é necessário documentar tudo.

    Documentos que mostrem a tentativa pelo Procon também ajudam. E, claro, conte com um advogado.

    Além de exigir a devolução de cobranças indevidas, você pode exigir indenização por danos morais ou materiais que a instituição tenha causado.

    Em que ramo do direito se enquadra o direito bancário?

    Como dito nos posts anteriores o desenvolvimento econômico está cada vez mais em evidência, principalmente no atual cenário mundial. Tal fato envolve, além dos recursos financeiros, a relação entre as Instituições Financeiras e os indivíduos, sejam eles na pessoa física e ou na pessoa jurídica.

    Diante da relevância dessa relação, a atuação do Advogado especializado em Direito Bancário, além de ser prudente torna-se essencial, principalmente quando se leva em consideração que se trata de um ramo do Direito que caminha com o desenvolvimento da sociedade e da economia, e por essa razão é dinâmico e está em constante modificações e atualizações. Mas no que compreende este ramo do Direito? O Direito Bancário, assim como o Direito Empresarial, trata-se de um rammo do Direito Privado, que tutela e legitima não só o dinheiro como também as Instituições Financeiras, a relação destas com os indivíduos (pessoa física e ou pessoa jurídica) e as atividades bancárias. Todavia, é importante ressaltar que muito embora o Direito Bancário esteja vinculado às normas do Direito Privado, deve ser considerado que este ramo possui fundamentos com especificidades de caráter público, ou seja, que visam o interesse coletivo, e por essa razão devem obedecer, também, as regras do Direito Público.

    Falamos há pouco que o Direito Bancário regula a atividade bancária, mas o que seria tal atividade? Podemos classificar tal atividade em duas modalidades: a Atividade Passiva e a Atividade Ativa, esta refere-se ao fato de que o Banco contribui com a geração de ativos no mercado e aquela diz respeito ao fato de que referida Instituição logra auferir dinheiro/recursos, gerando lucro, seja por meio de pessoas físicas ou jurídicas, podendo, consequentemente, afirmar que é por intermédio da Atividade Bancária que ocorre tal fluxo (de dinheiro/recursos).

    Observa-se, neste sentido, que o Advogado especializado neste ramo do Direito, poderá atuar tanto na esfera Institucional e ou Material. Será Institucional quando este visar as questões relacionadas aos Bancos e seus desempenhos seja como Instituição Pública ou Privada; e poderá ser Material, quando se tratar de questões referentes ao exercício das Instituições de Crédito e das Sociedades Financeiras, intermediando, se assim podemos dizer, as operações e atividades entre si e seus clientes, ainda que potenciais. Por último, mas não menos importante, este Profissional, poderá operar também nas questões que versam sobre os crimes contra o Sistema Financeiro Nacional.

    Dentro dessas atividades o Advogado poderá atuar de inúmeras maneiras e a exemplo de algumas podemos citar:

    • Elaboração de pareceres e opiniões legais sobre operações financeiras ou bancárias, envolvendo clientes, fornecedores ou parceiros;
    • Avaliação e elaboração de pareceres e opiniões legais sobre novos produtos financeiros ou bancários;
    • Elaboração, análise e/ou revisão de contratos padrão de operações financeiras ou bancarias, com clientes e/ou fornecedores;
    • Elaboração, a…
    Veja mais
    Abrir bate-papo
    Fale com um especialista!
    Olá 👋 , tudo bem ?
    Parece que você está precisando de ajuda! Estamos aqui para ajudá-lo a resolver qualquer dúvida ou problema que esteja enfrentando. Clique aqui para falar com um dos nossos especialistas e encontrar a solução que você precisa. Não hesite, estamos prontos para ajudar!