Sumário

Entre em contato com um especialista

    Direito imobiliario

    direito imobiliario

    O que faz o direito imobiliário?

    Você tem o sonho de fazer o curso de Direito? Se sim, saiba que essa escolha já ajuda a pensar no futuro. No ramo jurídico, há opções de sobra para o profissional mostrar todo o seu potencial. Se quer fazer diferença, saiba que vale a pena saber o que é Direito Imobiliário.

    Esse campo jurídico conta com excelentes oportunidades de atuação, já que o mercado imobiliário é um setor que necessita dos serviços desse tipo de advogado especializado.

    Se você se interessa pelo tema e quer saber o que é Direito Imobiliário, como funciona a área e o mercado de trabalho, continue a leitura!

    O Direito Imobiliário abrange todos os tipos de discussão jurídica que envolvem imóveis, mesmo que a relação também tenha como foco outra área do Direito. Assim, os profissionais exercem atividades relacionadas à venda, doação, locação, financiamento e registro de imóveis.

    As negociações imobiliárias necessitam da atuação de um advogado especializado no ramo, assim como os fundos de investimento imobiliários que precisam de profissionais jurídicos que atuam na análise do risco do investimento.

    Sua atuação judicial também é grande, pois muitas demandas relacionadas a contratos de venda e compra, financiamentos imobiliários, locação, distrato e atraso na entrega de obras devem ser judicializadas.

    Nessa área, os profissionais de Direito Imobiliário entendem sobre a legislação do ramo e, por isso, podem atuar em várias ações em seu dia a dia de trabalho, pois eles conhecem os direitos e deveres do consumidor, bem como da empresa que está comercializando o patrimônio.

    Como os advogados que atuam nessa especialidade conhecem os trâmites envolvidos nos processos e as leis imobiliárias, eles são capazes de esclarecer dúvidas e fornecer todo o suporte necessário aos clientes. Também estão presentes em várias etapas, desde a oferta dos imóveis até a efetivação do negócio, com o objetivo de evitar problemas com informações e documentos falsos.

    Caso escolha essa área, saiba que pode atuar em ações de despejo por falta de pagamento ou na revisão de contratos de venda e compra, pois as mudanças ou falhas nas cláusulas são capazes de gerar problemas.

    Abaixo, você vai conhecer as principais áreas em que o advogado imobiliário pode atuar!

    De modo geral, a operação imobiliária envolve um alto valor financeiro. Por essa razão, os processos de tomada de decisão devem ser estratégicos e ter uma boa assessoria para que os clientes não percam os investimentos.

    No campo consultivo, os advogados analisam a legislação e os documentos, apontando o risco da operação imobiliária. Com a ajuda de profissionais qualificados, as negociações se tornam mais seguras, o que evita futuros problemas para os clientes.

    Problemas e impasses envolvendo a venda e compra, a transmissão e a locação de imóveis sempre existirão. Contudo, mais do que conhecer as leis e montar uma boa tese a favor dos interesses dos clientes, o advogado do campo imobiliário precisa saber como fazer a negociação e assumir uma posição de facilitad.

    O quê advogado imobiliário faz?

    O mercado imobiliário é uma área complexa e dinâmica que requer diferentes habilidades dos profissionais e dentre elas expertise jurídica especializada. Com a crescente demanda por serviços nesse setor, o advogado imobiliário se tornou um profissional cada vez mais cobiçado. Para compra e venda de propriedades, questões contratuais, financiamentos ou litígios relacionados a imóveis, entre outras questões, a presença desse profissional colabora para garantir a segurança jurídica das transações.

    O objetivo deste artigo é falar um pouco mais sobre esse profissional, as oportunidades no mercado e outros aspectos importantes.

    Crescimento do Mercado Imobiliário e a Importância do Advogado

    Nos últimos anos, houve um crescimento significativo no mercado imobiliário, que foi impulsionado por diversos fatores, como o aumento da urbanização, a busca por investimentos seguros e a facilidade no acesso ao crédito. Esse aquecimento do mercado colocou em evidência a figura do advogado imobiliário para orientar compradores, vendedores, incorporadoras e investidores, assegurando que todas as etapas do processo estejam em conformidade com a legislação vigente.

    Mas como esse profissional atua?

    O advogado imobiliário desempenha um papel crucial em transações imobiliárias, desde a elaboração e revisão de contratos até a condução de due diligence legal. Sua expertise é fundamental para identificar e resolver potenciais problemas legais que possam surgir durante o processo de compra ou venda de propriedades. Além disso, o profissional atua na análise de documentação, verificação de regularidades e na orientação sobre os melhores caminhos a serem seguidos.

    O setor imobiliário é bastante complexo e diante disso é comum que surjam disputas e litígios. Nesse contexto, o advogado imobiliário se destaca na resolução de conflitos, pois é o profissional que pode trazer soluções legais para as questões relacionadas a contratos, posse, propriedade e outras tantas questões. Sua atuação acaba se tornando fundamental para evitar litígios prolongados e prejuízos financeiros às partes envolvidas.

    O cenário jurídico em todas as áreas está sujeito a constantes mudanças e no campo imobiliário não seria diferente. Novas leis, regulamentações e jurisprudências podem impactar significativamente as dinâmicas do mercado. Nesse contexto, o advogado imobiliário atualizado e especializado se torna ainda mais valioso, proporcionando segurança jurídica em um ambiente de constante evolução normativa.

    A busca por financiamentos para adquirir imóveis é uma prática comum, e o advogado especializado desempenha um papel essencial nesse processo. Ele é quem assessora durante a análise de contratos de financiamento, na verificação de cláusulas e na orientação sobre os direitos e deveres das partes envolvidas. Isso garante que o financiamento ocorra de maneira transparente e em conformidade com a legislação vigente.

    Concluindo…

    O papel do advogado imobiliário, nos dias atuais, como mostrado, vai além da simples int.

    Quanto ganha direito imobiliário?

    O salário médio nacional de Advogado imobiliario é de R$7.256 em Brasil. Filtre por localização para ver os salários de Advogado imobiliario na sua região. As estimativas de salários têm como base os 13 salários enviados de forma sigilosa ao Glassdoor por funcionários com o cargo de Advogado imobiliario.

    Onde Trabalhar com direito imobiliário?

    Direito Imobiliário: Estudo de Casos

    Com o retorno acelerado do mercado imobiliário, a demanda por profissionais que conheçam a legislação, boas práticas e saibam redigir, alterar e analisar os documentos próprios da área também cresceu. Por isso, a ideia é retomar a proposta já tradicional na Unidade e voltar a oferecer a formação aos profissionais interessados e às empresas que queiram qualificá-los(as).

    Aproximar a legislação do Direito Imobiliário à prática: trabalhar com o estudo de casos selecionados pela equipe docente, que refletem situações complexas do cotidiano de profissionais do mercado imobiliário, tais como soluções dos conflitos judiciais ou extrajudiciais dos empreendimentos de compra e venda, locação em geral, permuta, usucapião judicial e extrajudicial.

    Corretores de Imóveis, Advogados, Investidores, Empresários do ramo imobiliário, Administradores de locação, Interessados na aquisição ou venda de imóvel e/ou na elaboração de contratos pertinentes ao mercado de imobiliário.

    Aulas teóricas, baseadas em estudos de casos.

    Considerações gerais sobre o registro das transações imobiliárias;

    Por que estudar NO UNISAL?

    Faça disciplinas Optativas

    No UNISAL, você pode estudar o conteúdo de qualquer outro curso para compor o seu currículo e ter uma formação mais personalizada. Destaque-se no mundo do trabalho sem qualquer custo adicional.

    Coloque a mão na massa

    Por meio de um projeto integrador, estude focando em questões práticas do mundo do trabalho. No UNISAL, você articula o percurso formativo com o seu projeto de vida.

    Faça estágio

    Receba o auxílio e a orientação do UNISAL ao buscar sua primeira experiência profissional. O apoio que você precisa para a inserção no mundo do trabalho e da globalização.

    Desenvolva capacidade de decisão

    No UNISAL, você é o protagonista do seu percurso formativo. Por meio do projeto integrador é possível desenvolver habilidades e capacidades que farão diferença na sua vida profissional e pessoal.

    ALUNOS construíram seu futuro aqui

    COLABORADORES transformam alunos em protagonistas

    ANOS ajudando alunos a construírem seu futuro

    O que se estuda em direito imobiliário?

    Você tem o sonho de fazer o curso de Direito? Se sim, saiba que essa escolha já ajuda a pensar no futuro. No ramo jurídico, há opções de sobra para o profissional mostrar todo o seu potencial. Se quer fazer diferença, saiba que vale a pena saber o que é Direito Imobiliário.

    Esse campo jurídico conta com excelentes oportunidades de atuação, já que o mercado imobiliário é um setor que necessita dos serviços desse tipo de advogado especializado.

    Se você se interessa pelo tema e quer saber o que é Direito Imobiliário, como funciona a área e o mercado de trabalho, continue a leitura!

    O Direito Imobiliário abrange todos os tipos de discussão jurídica que envolvem imóveis, mesmo que a relação também tenha como foco outra área do Direito. Assim, os profissionais exercem atividades relacionadas à venda, doação, locação, financiamento e registro de imóveis.

    As negociações imobiliárias necessitam da atuação de um advogado especializado no ramo, assim como os fundos de investimento imobiliários que precisam de profissionais jurídicos que atuam na análise do risco do investimento.

    Sua atuação judicial também é grande, pois muitas demandas relacionadas a contratos de venda e compra, financiamentos imobiliários, locação, distrato e atraso na entrega de obras devem ser judicializadas.

    Nessa área, os profissionais de Direito Imobiliário entendem sobre a legislação do ramo e, por isso, podem atuar em várias ações em seu dia a dia de trabalho, pois eles conhecem os direitos e deveres do consumidor, bem como da empresa que está comercializando o patrimônio.

    Como os advogados que atuam nessa especialidade conhecem os trâmites envolvidos nos processos e as leis imobiliárias, eles são capazes de esclarecer dúvidas e fornecer todo o suporte necessário aos clientes. Também estão presentes em várias etapas, desde a oferta dos imóveis até a efetivação do negócio, com o objetivo de evitar problemas com informações e documentos falsos.

    Caso escolha essa área, saiba que pode atuar em ações de despejo por falta de pagamento ou na revisão de contratos de venda e compra, pois as mudanças ou falhas nas cláusulas são capazes de gerar problemas.

    Abaixo, você vai conhecer as principais áreas em que o advogado imobiliário pode atuar!

    De modo geral, a operação imobiliária envolve um alto valor financeiro. Por essa razão, os processos de tomada de decisão devem ser estratégicos e ter uma boa assessoria para que os clientes não percam os investimentos.

    No campo consultivo, os advogados analisam a legislação e os documentos, apontando o risco da operação imobiliária. Com a ajuda de profissionais qualificados, as negociações se tornam mais seguras, o que evita futuros problemas para os clientes.

    Problemas e impasses envolvendo a venda e compra, a transmissão e a locação de imóveis sempre existirão. Contudo, mais do que conhecer as leis e montar uma boa tese a favor dos interesses dos clientes, o advogado do campo imobiliário precisa saber como fazer a negociação e assumir uma posição de facilitador.

    Qual a lei do direito imobiliário?

    Como todas as áreas, o setor imobiliário é regulamentado por Leis que garantem e asseguram os direitos e deveres de todas as partes envolvidas em uma transação imobiliária. Os corretores de imóveis precisam entender todas as regulamentações que controlam o Mercado Imobiliário, para passar mais credibilidade e segurança para os clientes, evitar imprevistos e conquistar mais oportunidades. Por isso, conhecer as Leis imobiliárias é fundamental na carreira de um corretor de imóveis. O profissional da corretagem é também um consultor, que precisa estar informado sobre diversas áreas e o direito imobiliário é uma delas.

    Antes de partirmos para as Leis, vamos saber quais são as responsabilidades inerentes ao corretor de imóveis numa transação. O profissional da corretagem é um orientador e intermediador que auxilia nos processos de compra e venda de imóveis. Ele visa facilitar o relacionamento entre as partes interessadas na negociação, sempre buscando o melhor cenário e as melhores negociações para todos os envolvidos. Também faz parte das responsabilidades de um corretor estar informado sobre tudo que envolve o imóvel e sua localização. É essencial que ele esteja por dentro de todos os meios legais que envolvem a compra e venda de um imóvel e saiba quais são os documentos necessários para as transações imobiliárias. O corretor de imóveis deve manter seu cliente bem informado para evitar que ele tenha problemas futuramente. Conhecendo as principais Leis que regem o setor imobiliário, ele prestará os seus serviços de consultor e facilitador com excelência.

    Por isso vamos citar quais Leis imobiliárias você precisa conhecer e a importância de cada uma delas. Neste artigo você vai ver:

    • Lei 4.591/64 – Lei do Condomínio e Incorporações ou Lei de Incorporação Imobiliária
    • Lei 8.245/1991 – Lei do Inquilinato
    • Lei 10.257/01 – Estatuto da Cidade
    • Lei 13.786/2018 – Rescisão de Contratos Imobiliários ou Lei do Distrato

    Existem muitas Leis que controlam as operações do setor imobiliário, que você corretor ou gestor de imobiliária tem que se inteirar para que não haja nenhum problema legal em suas transações. Conheça agora as mais relevantes:

    Para entender melhor, vamos explicar o que são as incorporadoras: elas constroem e promovem certas edificações. São responsáveis por estruturar a idealização de um novo empreendimento e sua principal função é detectar possíveis oportunidades de negócio. Ou seja, elas dão o pontapé inicial no desenvolvimento da construção e venda do imóvel. Avaliam as possibilidades, efetuam a compra do terreno e preparam o projeto para iniciar o empreendimento.

    Agora que você já sabe o que é uma incorporadora, o que seria a incorporação imobiliária citada na Lei? Ela é um conjunto de práticas relacionadas à venda de imóveis ainda na planta ou em andamento. Desta forma, as obras podem ser finalizadas com auxílio das vendas realizadas. A Lei de Condomínio e Incorporações ou Lei de Incorporação Imobiliária já está há muito tempo em vigor, especificamente de.

    O que faz um advogado especialista em direito imobiliário?

    O mercado imobiliário é uma área complexa e dinâmica que requer diferentes habilidades dos profissionais e dentre elas expertise jurídica especializada. Com a crescente demanda por serviços nesse setor, o advogado imobiliário se tornou um profissional cada vez mais cobiçado. Para compra e venda de propriedades, questões contratuais, financiamentos ou litígios relacionados a imóveis, entre outras questões, a presença desse profissional colabora para garantir a segurança jurídica das transações.

    O objetivo deste artigo é falar um pouco mais sobre esse profissional, as oportunidades no mercado e outros aspectos importantes.

    Crescimento do Mercado Imobiliário e a Importância do Advogado

    Nos últimos anos, houve um crescimento significativo no mercado imobiliário, que foi impulsionado por diversos fatores, como o aumento da urbanização, a busca por investimentos seguros e a facilidade no acesso ao crédito. Esse aquecimento do mercado colocou em evidência a figura do advogado imobiliário para orientar compradores, vendedores, incorporadoras e investidores, assegurando que todas as etapas do processo estejam em conformidade com a legislação vigente.

    Mas como esse profissional atua?

    O advogado imobiliário desempenha um papel crucial em transações imobiliárias, desde a elaboração e revisão de contratos até a condução de due diligence legal. Sua expertise é fundamental para identificar e resolver potenciais problemas legais que possam surgir durante o processo de compra ou venda de propriedades. Além disso, o profissional atua na análise de documentação, verificação de regularidades e na orientação sobre os melhores caminhos a serem seguidos.

    O setor imobiliário é bastante complexo e diante disso é comum que surjam disputas e litígios. Nesse contexto, o advogado imobiliário se destaca na resolução de conflitos, pois é o profissional que pode trazer soluções legais para as questões relacionadas a contratos, posse, propriedade e outras tantas questões. Sua atuação acaba se tornando fundamental para evitar litígios prolongados e prejuízos financeiros às partes envolvidas.

    O cenário jurídico em todas as áreas está sujeito a constantes mudanças e no campo imobiliário não seria diferente. Novas leis, regulamentações e jurisprudências podem impactar significativamente as dinâmicas do mercado. Nesse contexto, o advogado imobiliário atualizado e especializado se torna ainda mais valioso, proporcionando segurança jurídica em um ambiente de constante evolução normativa.

    A busca por financiamentos para adquirir imóveis é uma prática comum, e o advogado especializado desempenha um papel essencial nesse processo. Ele é quem assessora durante a análise de contratos de financiamento, na verificação de cláusulas e na orientação sobre os direitos e deveres das partes envolvidas. Isso garante que o financiamento ocorra de maneira transparente e em conformidade com a legislação vigente.

    Concluindo…

    O papel do advogado imobiliário, nos dias atuais, como mostrado, vai além da simples int

    O que é direito do imóvel?

    O direito imobiliário é um ramo de atuação que está sempre em evidência, sendo procurado cada vez mais por advogado que pretendem se especializar em uma área de atuação, justamente pela abundância de opções e de trabalho. É uma área que tem chamado a atenção de profissionais novos e veteranos do mercado, por ser uma área multidisciplinar, que aborda questões de diferentes ramos do direito.

    O direito imobiliário pode ter um objeto de estudo e prática muito específico (bens imóveis), mas apresenta bastante variedade de áreas de atuação, podendo o advogado atuar com processos, contratos, consultoria, entre outros.

    Dessa forma, este artigo tem como objetivo apresentar o que é o direito imobiliário, algumas particularidades da área, possibilidades de atuação para o advogado que se especializa no segmento e livros sobre o tema. Também temos um podcast especial sobre direito imobiliário, gravado com a Dra. Carolina Pavão. Continue lendo abaixo!

    O direito imobiliário é um ramo do direito privado que lida, como o nome já aponta, que estuda e lida com as relações jurídicas e de direito que envolvam a posse, compra, venda, doação, sucessão, troca e propriedade de bens imóveis, inclusive a incorporação imobiliária.

    Dessa forma, é uma área do direito que, embora tenha um objeto de estudo bem definido, trabalha com diferentes campos do direito, como o direito contratual, do consumidor, da família, civil, entre outros.

    Trata-se de uma área que sempre apresentará relevância social, uma vez que a circulação de imóveis entre diferentes pessoas é inevitável na sociedade em que vivemos. Dessa forma, o direito imobiliário é uma área que permite a atuação do profissional do direito em diferentes níveis, se apresentando como um ramo do direito bastante frutífero e interessante para advogados que procuram se especializar nas relações jurídicas envolvendo bens imóveis.

    Como falamos anteriormente, o direito imobiliário trabalha com diferentes ramos do direito. Portanto, dispõe de várias legislações distintas, que complementam o trabalho do profissional da área a partir da situação específica.

    Entre as leis que regram os bens imóveis, a mais relevante e mais utilizada pelo especialista em direito imobiliário é o Código Civil de 2002, uma vez que o mesmo traz a maior parte dos regramentos que envolvem os bens imóveis, o direito da família, sucessões e contratos. O Novo Código de Processo Civil também é bastante utilizado, uma vez que muito do direito imobiliário também envolve a disputa processual, além de estabelecer prazos.

    Outras legislações importantes para o direito imobiliário são: lei do condomínio, lei do inquilinato, lei do sistema financeiro de habitação e o Código de Defesa do Consumidor. Dessa forma, é possível perceber que o advogado especialista em direito imobiliário deve estudar e se atualizar constantemente sobre variadas áreas do direito, como também pode, dentro do direito imobiliário, focar em áreas específicas, como a sucessão de bens imóveis ou a usucapião extrajud.

    Veja mais
    Aposentadoria especial 2019

    Como fica aposentadoria especial após reforma 2019? O Senado aprovou nesta quarta-feira (10) um projeto de lei complementar que regulamenta a aposentadoria especial por periculosidade.

    Leia mais >
    Abrir bate-papo
    Fale com um especialista!
    Olá 👋 , tudo bem ?
    Parece que você está precisando de ajuda! Estamos aqui para ajudá-lo a resolver qualquer dúvida ou problema que esteja enfrentando. Clique aqui para falar com um dos nossos especialistas e encontrar a solução que você precisa. Não hesite, estamos prontos para ajudar!