Sumário

Entre em contato com um especialista

    Advogado que mexe com auxílio doença

    advogado que mexe com auxílio doença

    Qual advogado cuida de auxílio-doença?

    Você sabe o que é, o que faz e quando contratar um advogado especialista em INSS? Muitos trabalhadores têm dúvidas sobre a necessidade ou não de contratação destes profissionais.

    Um advogado especialista em INSS pode ajudar no planejamento, na concessão e/ou na revisão de benefícios previdenciários, tais quais aposentadorias, auxílios e pensões.

    Hoje eu vou explicar exatamente como funciona a atividade destes profissionais e se vale a pena contratá-los. Além disso, ainda vou dar 5 dicas para ajudá-lo na hora de escolher um advogado.

    Ficou interessado? Neste texto, você vai descobrir:

    • Para entender o que é o advogado especialista em INSS, você precisa primeiro compreender a diferença entre um advogado generalista e um advogado especialista.
    • Essa diferença é definida pelo aperfeiçoamento e pela forma de atuação dos profissionais formados em Direito e inscritos na OAB.

    Portanto, eu vou explicar essa diferença de uma forma bem simples.

    Quando um estudante se forma no curso de Direito e passa na prova da OAB, ele pode atuar em qualquer tipo de processo. Ou seja, pode atuar em causas previdenciárias, trabalhistas, criminais, cíveis etc. Alguns advogados resolvem realmente atuar em todas as áreas. Assim, aceitam clientes com problemas no INSS, outros com problema no trabalho, outros com causas de família e de qualquer outra área. Por isso estes advogados são chamados de “generalistas”, já que atuam em causas em geral.

    Entretanto, outros advogados preferem se especializar.

    Portanto, escolhem uma área, fazem a maior quantidade possível de cursos e pesquisas e passam a atuar somente com aquele tipo de questão. Dessa forma, esses advogados são considerados especialistas.

    O advogado especialista em INSS é o profissional qualificado para atuar na defesa de cidadãos que pretendem receber benefícios do Regime Geral da Previdência Social. Ou seja, é o advogado especialista em benefícios do INSS. Mas quais são estes benefícios do INSS? A lista é bem extensa, já que hoje o INSS possui mais de 25 benefícios.

    Mas os benefícios mais conhecidos são os seguintes:

    • Dessa forma, ao contrário do advogado generalista, o advogado especialista em INSS conhece os detalhes de cada um destes benefícios. Assim, consegue identificar mais facilmente o melhor benefício e a melhor solução para cada caso previdenciário.

    Nada disto que eu falei até agora significa que os advogados geralistas sejam ruins. Pelo contrário! Há ótimos advogados generalistas, assim como há ótimos advogados especialistas.

    Tudo vai depender do esforço e da qualidade de cada profissional.

    Porém, existem algumas áreas do Direito que são bem mais específicas do que outras. Este é exatamente o caso do Direito Previdenciário.

    Há mais de 25 benefícios do INSS. Além disso, a legislação previdenciária é extremamente extensa e sofre mudanças praticamente todos os anos.

    Em 2019, por exemplo, tivemos a reforma da previdência.

    No ano seguinte, em 2020, foi aprovado o novo regulamento da Previdência Social.

    Em 2022, tivemos a criação do novo redut.

    Quanto um advogado cobra por auxílio-doença?

    Clareza e confiança são as duas coisas que devem ter na relação entre advogado e cliente. Quando se trata de obter seus benefícios previdenciários, é fundamental entender como os honorários advocatícios são determinados. Normalmente, os advogados especializados em direito previdenciário adotam abordagens flexíveis e transparentes para atender às necessidades individuais de seus clientes. Lembre-se de que os honorários advocatícios podem variar dependendo da complexidade do caso, da experiência do advogado e de outros fatores relevantes. No entanto, é essencial que haja uma discussão clara e prévia sobre os honorários, bem como o registro desses termos em um contrato de prestação de serviços.

    Para vocês terem uma ideia, a própria Ordem dos Advogados do Brasil, dependendo do Estado, especifica a forma de cobrança. Vejam, por exemplo, como que OAB/PE estabelece os honorários em Pernambuco:


    Atividade Mínimo Cobrável Porcentagem Cobrável
    Concessão, revisão ou restabelecimento de aposentadorias programadas em geral, auxílio reclusão, auxílio acidente, pensão por morte, benefícios assistenciais-BPC e outros não listados. R$ 4.705,42 20% a 30% do proveito econômico do cliente.

    Atividade Mínimo Cobrável Porcentagem Cobrável Concessão, revisão ou restabelecimento de aposentadorias programa

    Qual o valor cobrado por um advogado previdenciário?

    Quando o trabalhador, após longos anos de luta, começa a planejar sua aposentadoria é muito importante que se atente aos critérios legais para conseguir seu melhor benefício, ainda mais com as novas regras trazidas pela reforma da Previdência.

    Em razão de toda questão técnica que envolve um benefício previdenciário, seja ele a aposentadoria por idade, aposentadoria por tempo de contribuição… Como também para a aposentadoria especial ou benefícios por incapacidade, se mostra de extrema importância a contratação de um advogado especializado no direito previdenciário.

    O advogado especialista em direito previdenciário é aquele que conhece toda legislação utilizada pelo INSS na concessão de um benefício aos segurados do regime geral de previdência social, como também a legislação específica do servidor, no caso de regime próprio.

    Uma dica aos cidadãos é acessarem o site do INSS que possui informações sobre todos os tipos de benefícios, e também os grandes portais que oferecem diariamente informações previdenciárias como por exemplo, UOL, G1, Yahoo e R7. Também gosto bastante das informações trazidas pelo Jornal Agora SP.

    O advogado para aposentadoria possui como objetivo utilizar seu conhecimento e experiência para obter o melhor e maior benefício que o segurado ou seus dependentes têm direito. E também é sua função prestar o serviço aos trabalhadores que ainda não possuem direito a aposentar-se, mas querem se programar, por meio do planejamento de aposentadoria.

    É essencial a contratação de um especialista em direito previdenciários nos 3 momentos da aposentadoria:

    Saber quanto um advogado cobra para aposentadoria é essencial para buscar apoio profissional antes de iniciar o processo junto ao INSS.

    O responsável por esse tipo de serviço é o advogado previdenciário, que é especializado em atender contribuintes da Previdência Social e conduzir o pedido para aumentar as chances de concessão. Ele auxilia o beneficiário a conseguir aposentadorias de todos os tipos, auxílio-doença, pensão por morte, entre outros benefícios concedidos pelo INSS.

    Em relação aos preços, esses advogados devem seguir a tabela da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de sua região para determinar valores. A regra é simples: o profissional não pode cobrar menos do que o mínimo estabelecido pelo órgão e nem mais do que você irá receber no seu processo. Além disso, o valor muda conforme o tipo de benefício e complexidade do caso.

    De modo geral, os honorários são pagos na forma de percentuais dos atrasados e quantidade de benefícios concedidos, como veremos a seguir.

    Veja, por exemplo, os valores mínimos e sugestões de percentuais de remuneração determinados pela OAB SP em sua Tabela de Honorários Advocatícios 2021:

    proveito econômico proveito econômico proveito econômico

    No caso, as porcentagens de honorários são aplicadas aos atrasados recebidos pelo contribuinte, ou seja, apenas se ganhar a ação o advogado irá receber.

    É preciso um advogado para dar entrada no auxílio-doença?

    Se você está enfrentando dificuldades para obter o auxílio doença, ter a assistência de um advogado pode ser fundamental. Esse profissional pode auxiliar na solicitação desse benefício, além de agilizar o processo e lidar com possíveis negativas do INSS.

    Nesse artigo, discutiremos os requisitos para o benefício de auxílio-doença, como um advogado pode acelerar o processo e outras informações importantes sobre o tema. Continue a leitura e fique por dentro.

    O Auxílio-Doença é um benefício fornecido pelo INSS a trabalhadores que se tornam incapazes de trabalhar por mais de 15 dias consecutivos devido a doença ou acidente. Ele é concedido enquanto o trabalhador estiver afastado de suas atividades laborais e necessitar de recuperação. A concessão desse auxílio requer comprovação de incapacidade por meio de perícia médica do INSS. Esse suporte financeiro é essencial para garantir o sustento do trabalhador e sua família durante o período de afastamento.

    Para receber o auxílio-doença do INSS, é necessário cumprir alguns requisitos:

    • Se o INSS verificar que esses critérios são atendidos, o auxílio-doença será concedido pelo período necessário até a recuperação do trabalhador.

    O benefício pode durar até 120 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 120 dias, ou enquanto o segurado permanecer incapaz de trabalhar, de acordo com novas avaliações do médico perito do INSS. Se ao final deste período, a incapacidade persistir e for considerada permanente, o segurado pode ser encaminhado para a Aposentadoria por Invalidez. Dessa forma, a duração do auxílio-doença é determinada pela evolução da condição de saúde do segurado e pela avaliação médica periódica.

    Para solicitar o auxílio-doença, é necessário agendar uma perícia médica no INSS. Isso pode ser feito pelo site Meu INSS, pelo telefone 135 ou pessoalmente em uma agência do INSS. Durante a perícia, o médico avaliará a condição de saúde do trabalhador para determinar se ele tem direito ao benefício. É importante levar todos os documentos médicos disponíveis para comprovar a incapacidade, como atestados, exames e receitas. Após a perícia, o resultado será disponibilizado no Meu INSS e, se aprovado, o benefício será concedido. Caso haja alguma negativa, é possível recorrer da decisão. Nesses casos, é recomendável contar com a assistência de um advogado especializado em direito previdenciário.

    As doenças que conferem direito ao auxílio-doença não estão limitadas a uma lista predefinida, mas são determinadas pela avaliação médica realizada pela perícia do INSS. No entanto, algumas condições frequentemente consideradas para o benefício incluem:

    • Essas condições, quando diagnosticadas e comprovadas, podem proporcionar ao segurado o acesso ao auxílio-doença, garantindo assim o suporte financeiro necessário durante o período de incapacidade para o trabalho.

    O laudo médico para o auxílio-doença deve conter informações detalhadas sobre a condição de saúde do paciente, incluindo diagnóstico, histórico clínico, exames.

    Quanto um advogado cobra para dar entrada no INSS?

    Você sabe quanto cobra um advogado previdenciário?

    Conforme o Código de Ética e Disciplina da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), cada advogado deve observar os valores mínimos estabelecidos pela Tabela de Honorários do respectivo Conselho Seccional onde o serviço é prestado.

    Isso quer dizer que quem advoga / presta um serviço no Estado do Paraná, por exemplo, deve observar os valores estabelecidos na Tabela de Honorários da OAB do Paraná.

    Por outro lado, quem advoga / presta um serviço no Acre deve ficar atento aos valores mínimos fixados na Tabela de Honorários da OAB do Acre.

    Portanto, se você quer saber o que um advogado faz e os serviços que ele oferece, assim como quanto cobra um advogado previdenciário, continue a leitura deste artigo.

    Nos tópicos abaixo, você encontrará as respostas destas dúvidas e muitos mais. Espero que você faça uma excelente leitura!

    O advogado previdenciário é o profissional da área jurídica que atua ou pode atuar ajudando pessoas a alcançarem direitos previdenciários.

    Dentro dessa área do direito, no entanto, o advogado não está restrito a trabalhar apenas na busca por aposentadorias. Existem diversas possibilidades e especializações.

    Um profissional tem a faculdade de se especializar e de se aprimorar em uma subárea específica.

    Importante! Normalmente, quanto menos generalista um advogado é, mais competência e agilidade ele tem para trabalhar.

    Em outras palavras, um advogado previdenciário especializado em aposentadoria militar possui mais aptidão para lidar com um caso envolvendo este tipo de aposentadoria do que um profissional sem especialidade alguma.

    O advogado previdenciário pode prestar vários serviços voltados à essa área do direito.

    Na lista abaixo, confira algumas frentes de atuação do advogado previdenciário:

    • Consultoria jurídica sobre questões previdenciárias
    • Revisão de benefícios previdenciários
    • Requerimento de aposentadorias
    • Defesa em processos administrativos e judiciais

    Depende! Por uma causa previdenciária em âmbito judicial, o advogado dessa área pode cobrar um:

    Certo percentual sobre o valor da causa

    A regra é clara! O seu advogado previdenciário não pode receber mais do que você (cliente) e nem cobrar menos do que o mínimo regulamentado pela OAB.

    Melhor dizendo, o seu advogado deve cobrar um valor entre o mínimo e o máximo.

    Atenção! Desconfie de práticas ilegais, porque elas fogem da regra.

    Lembre-se da existência da Tabela de Honorários da OAB do seu Estado e que você pode consultá-la de forma simples, direto no Google.

    Suponha que você seja cliente de um advogado que está prestando um serviço para você em Aracaju, no Estado de Sergipe.

    No Google, digite: “Tabela de Honorários da OAB de Sergipe” e clique na primeira opção.

    Os valores dos honorários do advogado previdenciário são definidos pelos Conselhos Seccionais da OAB de cada Estado.

    Acontece, no entanto, que o valor determinado para cada serviço não pode ser menor do que o mínimo definido pelo Código de Ética e Disciplina da OAB, e nem maior do que o valor que você recebeu no seu processo.

    Confira o que diz o Código de Ética e Disciplina da OAB:

    Artigo 48. Parágrafo 6º: Deverá o advogado observar o valor mínimo da Tabela de Honorários instituída pelo respectivo Conselho Seccional da OAB.

    Onde devo ir para conseguir um advogado gratuito?

    O atendimento da Defensoria Pública é gratuito e prestado a pessoas que não tenham condições financeiras para contratar advogado.

    O agendamento é feito pelo assistente virtual DEFI, disponível das 8h às 18h, em dias úteis.

    Assista aqui ao vídeo explicativo sobre o agendamento.

    Se tiver dificuldade com o agendamento online, você também pode agendar ligando gratuitamente para 0800 773 4340. Disponível das 7h às 19h, em dias úteis.

    O agendamento é feito pelo assistente virtual DEFI, que você encontra no canto inferior direito da sua tela Ele está disponível em dias úteis das 8 às 18 horas.

    Nos finais de semana e feriados, a Defensoria Pública do Estado de São Paulo presta atendimento somente para casos URGENTES, no horário das 7 às 12 horas.

    Caso tenha dúvidas se seu caso é urgente, clique aqui para saber mais.

    Tem algum advogado online grátis?

    Contratar um advogado online gratuito pode ser um desafio, pois a maioria dos serviços jurídicos envolve custos. No entanto, existem algumas opções disponíveis para acessar consultoria jurídica de forma gratuita ou a baixo custo. É importante ressaltar que a disponibilidade e abrangência dos serviços gratuitos ou a baixo custo podem variar de acordo com a região e a demanda. Além disso, é recomendável verificar a qualificação e a experiência do advogado antes de contratar seus serviços, mesmo que seja um atendimento gratuito.

    Pensando em sanar todas as dúvidas sobre o tema em tela, os advogados do nosso escritório prepararam este artigo com o objetivo de esclarecer tudo sobre a temática do advogado e como contratar. Confira!

    Prezados leitores, é importante esclarecer que nosso escritório não oferece serviços de advogado online gratuito. O conteúdo deste artigo visa exclusivamente fins educativos e informativos, com o propósito de fornecer informações gerais sobre questões legais. Se você está em busca de assistência jurídica gratuita, recomendamos que contate a Defensoria Pública, uma instituição especializada em fornecer auxílio legal gratuito para aqueles que atendem aos critérios de elegibilidade. Ela pode ser a melhor opção para suas necessidades legais.

    Um advogado online gratuito é um profissional jurídico que oferece serviços de consultoria e orientação jurídica pela internet, sem cobrar honorários ou taxas. Esses advogados disponibilizam seus conhecimentos e experiência para ajudar pessoas que não têm recursos financeiros para contratar um advogado particular. Eles fornecem informações legais, esclarecem dúvidas, oferecem orientações sobre direitos, leis, e podem ajudar na elaboração de documentos simples.

    Os advogados online gratuitos podem atuar por meio de plataformas online, sites especializados, organizações não governamentais, clínicas jurídicas universitárias ou serviços governamentais, como a Defensoria Pública. Geralmente, eles atendem consultas de forma remota, por meio de e-mail, chat, vídeo chamadas ou outros canais de comunicação online.

    A contratação de um advogado online gratuito pode apresentar algumas vantagens, especialmente para aqueles que não têm recursos financeiros para contratar um advogado particular.

    Um advogado pode fornecer orientação jurídica básica, responder a perguntas e esclarecer dúvidas sobre questões legais. Isso pode ajudar as pessoas a entenderem seus direitos e obrigações em determinadas situações.

    A principal vantagem é que os serviços de um advogado online gratuito não envolvem custos financeiros diretos, tornando a assistência jurídica mais acessível para aqueles que não podem pagar por serviços advocatícios tradicionais.

    Aqui estão algumas sugestões para encontrar um bom advogado online gratuito:

    • Verifique a qualificação e experiência do advogado
    • Pça referências
    • Pesquise sobre sua formação acadêmica e experiência

    Tem advogado gratuito para aposentadoria?

    A Defensoria Pública atende pessoas que não tenham condições financeiras para pagar pelos serviços de um advogado. Para isso, é feita uma avaliação para verificar a renda familiar, o patrimônio e os gastos mensais da pessoa. Podem ser solicitados documentos como Carteira de Trabalho e holerite, entre outros, para verificação das informações.

    Família com mais de 5 pessoas;

    Gastos mensais comprovados com tratamento médico por doença grave ou aquisição de medicamentos de uso contínuo;

    Família que tenha pessoa com deficiência ou transtorno global do desenvolvimento;

    Família com pessoa idosa ou egressa do sistema prisional, desde que constituída por 4 ou mais membros.

    Violência doméstica e familiar contra a mulher, de modo a adotar as medidas de urgência para garantia de sua incolumidade física;

    Curadoria especial processual.

    Veja mais
    Vida toda inss

    Como está a situação da revisão da vida toda do INSS? O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para quarta-feira (3) a análise de um recurso

    Leia mais >
    Vida inteira inss

    Quem tem direito à revisão da vida inteira? É que, apesar de a decisão não ter sido especificamente sobre o recurso que discute a revisão,

    Leia mais >
    Abrir bate-papo
    Fale com um especialista!
    Olá 👋 , tudo bem ?
    Parece que você está precisando de ajuda! Estamos aqui para ajudá-lo a resolver qualquer dúvida ou problema que esteja enfrentando. Clique aqui para falar com um dos nossos especialistas e encontrar a solução que você precisa. Não hesite, estamos prontos para ajudar!