Sumário

Entre em contato com um especialista

    Advogado gama df

    advogado gama df

    Quando Luiz Gama foi reconhecido como advogado?

    Há 140 anos, o Brasil perdia uma de suas mais importantes figuras: o abolicionista Luís Gama. Autodidata, ele aprendeu direito sozinho e atuou como jornalista, defensor, lutou pelo fim da escravatura, como pela proclamação da República. Em novembro de 2015, a OAB concedeu a ele o título de advogado. Gama libertou mais de 500 escravos. O título foi dado 133 anos depois de sua morte, em 1882.

    O professor Luis Carlos Santos, autor de uma biografia do abolicionista, enfatiza que ele foi o primeiro personagem, militante, que, depois de Zumbi dos Palmares, assume a negritude em plena sociedade escravista.

    Segundo o presidente da OAB Nacional, Beto Simonetti, novas regras de inclusão racial e de gênero estão sendo aplicadas na Ordem, que deve se tornar cada vez mais diversa. “Somos quase 1 milhão e 300 mil advogados e advogadas espalhados pelo país. Temos que usar nossa diversidade em nosso favor”, afirmou.

    E, nesse processo, retomar a figura histórica de Luís Gama é “enaltecer uma luta que é feita há mais de um século e que ainda deixa marcas na sociedade brasileira. A herança de persistência e tenacidade que enfrentou uma das maiores mazelas do país e libertou centenas de outros homens e mulheres é uma lição para todos nós e uma lembrança da relevância da atuação da advocacia no combate às violações de cada tempo.

    Silvia Souza, presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos, ressalta que o legado dele é maior do que entregou ao tempo de sua vida. “Para nós, Luís Gama foi um verdadeiro farol da advocacia lutando por justiça, liberdade e por aquilo que hoje chamamos de direitos humanos contra um estado escravagista”, disse.

    Ela lembra, ainda, que, segundo Nelson Câmara, autor da obra “O advogado dos escravos – Luís Gama”, advogado e historiador, a teimosia dele em advogar em prol de uma clientela de escravizados desvalidos, humilhados e sedentos por liberdade permitiu a ele abandonar o jornalismo e dedicar-se exclusivamente à advocacia.

    “Rejeitado pelos mestres e alunos da Faculdade de Direito do Largo São Francisco em razão de sua negritude, o autodidata tornou-se um rábula, exercendo com profundo destemor a advocacia, esta que não é profissão para covardes”, pontuou Silvia.

    Leia aqui o perfil de Luís Gama publicado neste Mês da Advocacia.

    Como posso entrar em contato com advogado?

    O atendimento da Defensoria Pública é gratuito e prestado a pessoas que não tenham condições financeiras para contratar advogado. O agendamento é feito pelo assistente virtual DEFI, disponível das 8h às 18h, em dias úteis.

    Assista aqui ao vídeo explicativo sobre o agendamento.

    Se tiver dificuldade com o agendamento online, você também pode agendar ligando gratuitamente para 0800 773 4340. Disponível das 7h às 19h, em dias úteis.

    O agendamento é feito pelo assistente virtual DEFI, que você encontra no canto inferior direito da sua tela. Ele está disponível em dias úteis das 8 às 18 horas.

    Nos finais de semana e feriados, a Defensoria Pública do Estado de São Paulo presta atendimento somente para casos URGENTES, no horário das 7 às 12 horas.

    Caso tenha dúvidas se seu caso é urgente, clique aqui para saber mais.

    Qual é o melhor advogado do Brasil?

    A advocacia não é uma carreira fácil. Depois dos cinco anos de faculdade e da prova da OAB, na qual muitos dos formados têm dificuldades para serem aprovados, é hora de encarar um mercado de trabalho saturado, competitivo, com demandas complexas e clientes cada vez mais exigentes. Diante de tudo isso, muitos se perguntam se é realmente possível alcançar o sucesso na área.

    A resposta é sim. Mas o trabalho é árduo. A seguir vamos te apresentar alguns dos melhores advogados do Brasil, profissionais reconhecidos e bem sucedidos que alcançaram reconhecimento nacional e até internacional, frequentemente desafiando suas condições de partida.

    Então, para incentivar você – que ama o Direito, mas tem dúvidas quanto à carreira –, vamos apresentar algumas dessas histórias. Confira quem são os melhores advogados do Brasil e saiba eles alcançaram esse status. 🙂

    Pierpaolo Cruz Bottini é jovem e sua carreira é relativamente recente, mas ele já conquistou o título de um dos melhores advogados do Brasil após conseguir a absolvição de um cliente em um processo penal ligado ao escândalo do Mensalão, em 2012.
    Esse resultado não veio sem esforço: Bottini treinava arduamente as exposições que faria diante do tribunal. Em seus treinos, ele colocava o filho pequeno no sofá, e muitos achavam que a primeira palavra do pequeno seria “mensalão”.

    Nem todos os melhores advogados do Brasil atuam no contencioso. Alguns, como Francisco Mussnich, dedicam-se a ajudar seus clientes a resolver problemas e atingir resultados sem o envolvimento do Judiciário. Mussnich esteve à frente das questões jurídicas na realização da Copa do Mundo de 2014 e, antes disso, atuou na venda da Brasil Telecom em 2008.
    É claro que, para ganhar espaço em atividades tão importantes, houve uma história de sacrifícios. Mussnich já chegou a virar a noites no escritório de clientes, sem voltar para casa, quando estava trabalhando em grandes projetos.

    Arnoldo Wald defende a Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif) em uma das principais ações que correm no STF, que diz respeito ao rendimento das cadernetas de poupança durante as décadas de 1980 e 1990. Ele também defende a Varig em outra ação bilionária, pleiteando uma indenização pelas perdas em razão do congelamento de preços, também nas décadas de 1980 e 1990.
    Esse nível de sucesso, que o levou a ser considerado um dos melhores advogados do Brasil, é o reflexo de uma trajetória de mais de 60 anos na advocacia. Ou seja, quem espera resultados da noite para o dia não deve se inspirar nesse grande jurista.

    Jairo Saddi já atuou para todos os grandes bancos do Brasil e participou em mais de 40 processos de liquidação de bancos com valores bilionários. Além disso, ocupa várias posições respeitáveis, como a de Presidente do Conselho do INSPER Direito.
    A carreira é reflexo de muita preparação. Além da formação em Direito, também estudou Administração de Empresas, fez doutorado e completou um pós-doutorado no exterior. Você já sabe: qualificação é essencial pa.

    O que faz um advogado da vara de família?

    O advogado de família, em seu dia a dia, lida com questões como casamentos, acordos pré-nupciais, divórcios, adoções, pensão alimentícia, guarda de filhos, entre outros. Outras possibilidades de atuação são processos de partilha de bens, inventários, testamentos.

    O salário médio de um advogado de família no país é de R$ 4.885,31, de acordo com dados de 2021 do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

    Caso você tenha dúvidas se a profissão de advogado é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido e gratuito.

    Veja mais
    Contagem aposentadoria especial

    Como faz a contagem da aposentadoria especial? Entenda como calcular a aposentadoria especial por insalubridade ou periculosidade. Explico aqui como chegar no valor do benefício,

    Leia mais >
    Abrir bate-papo
    Fale com um especialista!
    Olá 👋 , tudo bem ?
    Parece que você está precisando de ajuda! Estamos aqui para ajudá-lo a resolver qualquer dúvida ou problema que esteja enfrentando. Clique aqui para falar com um dos nossos especialistas e encontrar a solução que você precisa. Não hesite, estamos prontos para ajudar!