Sumário

Entre em contato com um especialista

    Advogado em maranguape

    Advogado em Maranguape

    Quais são os tipos de advogados que tem?

    Depois de realizar o sonho de concluir o bacharelado em Direito, muitos começam a pensar nos tipos de advogados que existem e qual área desejam seguir depois de passar no exame da OAB. Inclusive, é muito comum que, nessa fase, os recém-formados fiquem em dúvida sobre as possibilidades de atuação na área do Direito e qual setor eles mais possuem familiaridade. Afinal, existem muitas opções de carreira nesse mercado.

    Se você também está em dúvida e deseja conhecer melhor as especificidades de cada área antes de escolher qual seguir, continue a leitura. Com certeza isso vai ajudar muito no final do seu curso de Direito. Nesse post, listamos os principais tipos de advogados que existem e qual a função de cada um deles. Confira!

    No mercado da advocacia existe uma série de opções para atuação dos advogados, já que esses profissionais podem se especializar em setores que mais se identificam e que possuem mais facilidade de trabalhar.

    • O advogado cível é um dos tipos mais comuns de advogados. Essa grande popularidade acontece principalmente por conta da grande demanda por esse profissional no mercado e pela possibilidade de atender tanto pessoas físicas como jurídicas. O principal papel desse tipo de advogado é representar os direitos dos seus clientes em questões que envolvem relações entre indivíduos, empresas e organizações.
    • O advogado trabalhista, como o nome sugere, é aquele que atua diretamente nas causas relacionadas ao trabalho, representando empregados ou empregadores em questões trabalhistas. A função desse profissional é garantir que as relações estejam em conformidade com a legislação trabalhista vigente.

    Em sua rotina, o advogado trabalhista lida com rescisão de contrato de trabalho, horas extras, férias, licenças, assédio moral, discriminação no ambiente de trabalho, direitos previdenciários, entre outras atribuições.

    A atuação desses tipos de advogados pode acontecer tanto do lado do empregado como do empregador, dependendo do tipo de cliente ele optou por atender.

    O salário de um advogado trabalhista gira em torno de R$4.100,00.

    O salário de um advogado cível no Brasil é de R$3.100,00.

    Quais são as especialidades do Direito?

    Uma das coisas que mais encanta pessoas que decidem estudar o direito é provavelmente a sua abrangência na sociedade. As áreas do direito são inúmeras, possibilitando diferentes tipos de atuação e de escolha de carreira.Entretanto, essa pluralidade pode dificultar a decisão de profissionais, novos e veteranos, que querem começar a trabalhar em uma área específica do direito, ou procuram se especializar nas que já conhecem.Por isso, desenvolvemos este artigo, que tem como objetivo explicar as principais áreas do direito no setor privado e público, além de abordar alguns ramos pouco explorados e algumas tendências para o futuro do mercado dos profissionais do direito. Continue lendo!

    Navegue pelo conteúdo:

    O direito é uma das áreas de estudo mais abrangentes de todas. Se for considerar apenas a atuação advocatícia, a quantidade de ramos do direito, tanto na esfera pública quanto na privada, é imenso.Dessa forma, é importante que os profissionais da área que ainda procuram se estabelecer e encontrar o seu nicho, conheçam as principais opções de atuação.Veremos, abaixo, as principais áreas de atuação para profissionais do direito nos setores público e privado, além de abordar algumas áreas promissoras, porém pouco exploradas.

    A grande maioria dos estudantes de direito que se graduam acabam atuando profissionalmente no setor privado, seja em sociedade, com outros colegas, ou em firmas de terceiros.Abaixo, abordaremos os ramos do direito mais comuns que advogados atuam dentro do direito brasileiro.

    O Direito Civil é a área mais fértil e provavelmente a área mais comum do direito brasileiro. A maioria dos advogados trabalha com direito civil, ou de forma exclusiva, ou de vez em quando.Dentro das áreas do direito civil e do direito processual civil, o advogado lidará com questões como:

    Direito das obrigações Direito das coisas
    Direito de família Direito das sucessões

    Dentro das áreas do direito, o direito civil é possivelmente o mais abrangente. Por isso, não é incomum ver advogados especializados em áreas específicas do direito civil, como o direito familiar ou o direito imobiliário.Além disso, o direito civil cruza com diversos outros ramos do direito, como o tributário e o empresarial.

    O direito penal tem chamado mais a atenção de jovens advogados, tendo mais pessoas se especializando na área nos últimos anos.O advogado criminalista se especializa em lidar com crimes e contravenções. Ele lida, portanto, com defesas e acusações de pessoas físicas ou jurídicas, dependendo do tipo de especialização e da ação concreta.O advogado criminalista deve também prezar por uma boa comunicação e expressão oral, pois não é incomum ter que defender um cliente perante um júri.

    Das áreas do direito, o direito trabalhista provavelmente só não é mais comum e corriqueiro que o direito civil. Embora seja uma área com uma demanda enorme, a tendência é não ver muitos jovens advogados focando nessa área.O advogado trabalhista tem como área de atuação a defesa e acusação de trabalhadores e empresas, buscando proteger os direitos do seu cliente e fazer demandas de a

    Quantos advogados estão desempregados?

    G1 • 17 de junho de 2022

    O bacharel em Direito, Rogério de Souza Estrada, de 52 anos, de São Vicente, no litoral de São Paulo, é um entre 1,3 milhão de brasileiros que estão desempregados mesmo tendo ensino superior. O número faz parte de uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizada no primeiro trimestre deste ano. Ainda de acordo com levantamento, outras 10,6 milhões de pessoas, estas sem nível superior, também não estão em empregos formais.

    Rogério elenca alguns motivos para não ter conseguido um emprego formal. “Primeiro, eu acredito que é a idade. Segundo, preciso me qualificar mais em relação à informática, porque eu não tenho conhecimento de muitos programas”. Ele revela, ainda, ter perdido diversas oportunidades por não ter habilitação para dirigir.

    Há pouco mais de dois anos o bacharel em Direito foi demitido e, desde então, conta que tem se mantido por meio de trabalhos informais. “Não dou uma de coitadinho não. Tenho saúde para trabalhar”. Rogério afirma já ter carregado e descarregado caminhão, limpado quiosque da praia, vendido água e bala no semáforo, feito faxina e panfletagem.

    No intervalo desses trabalhos informais, o bacharel em Direito diz estudar para o Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pois acredita que mudará a sua vida e realizará o sonho de ser um advogado de sucesso.

    “Se eu conseguir ser aprovado, meu sonho de ser advogado e conseguir ter uma vida um pouco melhor e tranquila [será conquistado]. Estou lutando para isso e tenho feito minha parte estudando”, disse.

    Rogério já prestou a prova uma vez, em fevereiro, mas foi reprovado. Formado em 2017, ele justificou que não tinha os livros necessários para estudar. Na próxima tentativa, em julho, porém, a expectativa é sair com a aprovação.

    E a confiança vem de um incentivo. Em outubro, ele ganhou uma bolsa em um curso preparatório. Agora, além de buscar um sonho, ele não quer decepcionar a dona da instituição, que investiu nele. “Não posso ser reprovado pela segunda vez. Tenho estudado forte”.

    Quando os trabalhos informais diminuem, Rogério vai para a frente ao Litoral Plaza Shopping, em Praia Grande, onde passa horas segurando um cartaz com o seguinte pedido: “Peço uma oportunidade de emprego. Tenho ensino superior” (veja a foto acima).

    “Se Deus quiser, vai dar tudo certo e vou ter uma vida um pouco melhor. Quem sabe um dia possa ajudar alguém que esteja nessa situação também”.

    Como é o Dia a Dia de um advogado?

    O advogado é o profissional que concluiu o curso bacharel de Direito e é habilitado para prestar serviços legais. Eles lidam com muitos tipos diferentes de leis, incluindo direito civil, penal, comercial, trabalhista, tributário e de família.

    Este profissional é responsável pela representação de seus clientes frente às cortes e tribunais. Eles trabalham para defender os direitos e interesses de seus clientes e ajudá-los a obter uma decisão favorável. Para isso, os advogados estudam as leis e apontam o que é o melhor para o cliente.

    Os advogados também são responsáveis por ajudar seus clientes a compreender as leis e normas relevantes para seus casos. Eles também dão conselhos de âmbito legal e orientam os clientes sobre como proceder de acordo com a lei. Os advogados também são responsáveis por preparar documentos, tais como contratos, petições, recursos, acordos e outros documentos relacionados ao processo judicial.

    Sua atuação também envolve a realização de pesquisas jurídicas para determinar se o caso de seu cliente tem chances de êxito. Eles também são responsáveis por conversar com as partes envolvidas para determinar como o caso pode ser resolvido.

    O profissional advogado possui o título de doutor. A titulação remonta ao Primeiro Império, época em que, por decreto, o imperador conferiu, aos profissionais oriundos das Ciências Jurídicas, a alcunha.

    No Brasil, comemora-se a atuação do advogado no dia 11 de agosto, data denominada de Dia do Advogado. A celebração leva em conta as atribuições dos profissionais da área e remonta ao Primeiro Império no Brasil.

    Veja também: A grade curricular do curso superior de Direito, no site da Quero Bolsa.

    Um advogado é um profissional que trabalha no campo do direito, representando indivíduos, empresas ou organizações em questões legais. O trabalho de um advogado começa com a análise do caso e a pesquisa de leis e precedentes relevantes. Eles se comunicam com seus clientes para entender os fatos e circunstâncias do caso e discutir as opções disponíveis.

    O advogado de defesa então prepara documentos legais, como petições, moções e ações judiciais, e apresenta-os aos tribunais ou outras autoridades competentes. Eles também podem negociar acordos com a outra parte, representar seus clientes em audiências e julgamentos, e fornecer aconselhamento jurídico contínuo.

    Além disso, os advogados também são responsáveis por manter-se atualizados com as mudanças na legislação e regulamentação e interpretar o impacto dessas mudanças para seus clientes. Eles também podem aconselhar empresas em questões relacionadas à conformidade regulatória e gerenciamento de risco.

    A atuação do advogado envolve atividades de advocacia e de consultoria jurídica. Ambas as denominações se referem a atuações distintas. Isso porque a advocacia envolve representar e defender os interesses legais de clientes em processos judiciais ou administrativos. Já a consultoria jurídica envolve fornecer aconselhamento e orientação jurídica a indivíduos, empres.

    Veja mais
    Abrir conversa
    Fale com um especialista!
    Olá 👋, precisa de ajuda com Advogado em maranguape? Fale agora com um especialista pelo WhatsApp! Estamos prontos para ajudar.