Sumário

Entre em contato com um especialista

    Advogado em itapetinga

    Advogado em Itapetinga

    Como é chamado o advogado de acusação?

    No campo do Direito Criminal, muitas pessoas acreditam que só existem advogados de defesa, encarregados de defender os interesses dos réus em processos criminais. No entanto, é importante ressaltar que existem também advogados de acusação, que têm a responsabilidade de buscar a condenação dos acusados nos casos em que há indícios de práticas ilícitas, como assassinato, homicídio, crimes contra a honra, dentre outros.

    Ambos os profissionais têm um papel importante na busca pela justiça e na garantia dos direitos humanos. O advogado de defesa desempenha um papel crucial na proteção dos direitos do réu ao longo de um processo criminal. Por exemplo, ao ser acusado de cometer um crime, como o homicídio, o réu necessita de um advogado criminalista para defendê-lo.

    No âmbito legal, ser acusado não implica automaticamente em ser criminoso. Contudo, se o réu não se defender adequadamente, pode enfrentar dificuldades. É para isso que um advogado de defesa trabalha: garantir que os direitos de todas as pessoas – inocentes ou culpadas – sejam assegurados.

    O advogado de acusação, também conhecido como advogado criminalista, pode atuar em questões penais privadas, como nos casos de crimes contra a honra (calúnia, difamação e injúria, por exemplo), onde geralmente o Ministério Público não intervém. Entretanto, mesmo em crimes de interesse público, os advogados de acusação podem ser contratados.

    Devido ao elevado volume de trabalho enfrentado por juízes, promotores e defensores, é aconselhável que as vítimas busquem um advogado criminal para a acusação, assim como os réus devem procurar um advogado criminal para a defesa. Isso ajuda na análise aprofundada e na defesa dos interesses de cada uma das partes envolvidas no processo.

    Os advogados de acusação trabalham em sintonia com promotores e a vítima, contribuindo para que o processo judicial alcance o resultado esperado. A contratação desse profissional pode garantir um melhor acompanhamento e dedicação aos detalhes do caso, colaborando assim para o desenvolvimento da justiça.

    Em suma, o advogado de acusação é essencial para auxiliar a vítima e/ou sua família na busca por justiça, atuando de forma específica no que concerne a defesa dos interesses da acusação no processo penal. Os juízes, promotores e defensores enfrentam uma carga de trabalho diária extensa, o que pode impedir a dedicação integral a cada detalhe de um processo. Portanto, é aconselhável que as vítimas procurem o auxílio de um advogado criminal especializado na acusação, assim como um réu deve procurar um advogado que atue em sua defesa. A assistência de um advogado acusador pode favorecer a vítima e/ou sua família na busca pelo desfecho almejado no processo.

    O advogado de acusação é responsável por representar o Estado ou a parte lesada em um processo criminal, apresentando provas e argumentos contra o réu. Ele deve provar, diante do tribunal, que o réu cometeu o crime pelo qual é acusado.

    O advogado de defesa tem a função de garantir os direitos do réu em.

    Quantas pessoas se forma em Direito por ano?

    São 853.211 estudantes distribuídos em 1172 cursos, o que faz do Direito a opção de ensino superior mais popular do país. No ano passado, exatos 105.324 novos bacharéis foram despejados no mercado.

    Quantos bacharéis em Direito no Brasil?

    O presidente da Comissão Nacional de Exame de Ordem, Marco Aurélio Choy, falou à TV Cultura, na noite de quarta-feira (3), sobre a alta proporção de advogados por habitante no Brasil e a baixa qualidade dos cursos de direito no país. Os números foram tema de reportagem recente do site da OAB Nacional.

    A reportagem foi exibida no Jornal da Cultura e mostra que há, atualmente, um advogado para cada 164 brasileiros, proporção superior às verificadas nos Estados Unidos, em Portugal, no Reino Unido e na Índia, entre outros. De acordo com a reportagem, o número não é ainda maior devido ao filtro aplicado pelo Exame de Ordem, posto que existem, hoje, 4 milhões de bacharéis em direito.

    Para Choy, isso revela a baixa qualidade do ensino de direito no país. “O Conselho Federal da OAB tem o Selo OAB Recomenda. No último ciclo avaliativo, dos quase 2 mil cursos existentes, apenas 193 conseguiram o indicativo de qualidade”, afirmou.

    OAB Recomenda

    Uma das bandeiras da atual gestão é conseguir tornar vinculativos os pareceres da OAB ao Ministério da Educação em relação à criação de novos cursos no país. Para incentivar as faculdades a oferecerem graduação em direito com nível qualitativo cada vez mais elevado, a OAB criou, em 7 de dezembro de 1999, o Selo OAB Recomenda.

    O indicador é mais uma das ferramentas da luta que a Ordem vem travando em defesa da proteção da educação jurídica no país. Junto com o EOU, o selo é um dos instrumentos fundamentais para a garantia da qualificação dos profissionais de direito no Brasil.

    Ao instituir essa forma de reconhecimento, o objetivo da OAB era criar um balizador para os cursos da área no país. Em 1999 – ano da criação do selo – o MEC contabilizava 380 cursos de direito no Brasil. Um número já considerado grande na época, com mais de 300 mil alunos cursando faculdades de direito.

    Qual o número de advogados no Brasil?

    De acordo com ela, o baixo custo do curso e alta demanda das universidades, que pressionam, cada vez mais, por condições que precarizam o bacharelado, gera a alta taxa de advogados, apesar do filtro imposto pelo exame da Ordem – necessário para os formandos em Direito que pretendem atuar como advogados no Brasil.

    Não fosse o exame de Ordem para, efetivamente, verificar as condições para esse profissional adentrar o mercado de trabalho, para que ele trabalhe com respeito, com cuidado, com qualidade para a população, o número seria muito maior do que o que a gente vê apresentado hoje, até porque a profusão de cursos de direito no Brasil é muito grande. É um curso relativamente barato, há uma grande pressão das mantenedoras para diminuir a qualidade dos cursos, para diminuir os insumos do curso querendo a todo tempo baratear esse tipo de bacharelado.

    Com cerca de 2 milhões de advogados e uma população de 1,4 bilhão de pessoas, a Índia tem um advogado para cada 700 habitantes, de acordo com dados divulgados pela IBA no ano passado.

    Em números absolutos, é o único país que fica na frente do Brasil.

    Nos Estados Unidos, 1,3 milhão de advogados atuam nas 50 unidades federativas do país. Segundo a American Bar Association (ABA), a proporção é de um advogado para cada 253 habitantes.

    Veja mais
    Abrir conversa
    Fale com um especialista!
    Olá 👋, precisa de ajuda com Advogado em itapetinga? Fale agora com um especialista pelo WhatsApp! Estamos prontos para ajudar.