Sumário

Entre em contato com um especialista

    Advogado em farroupilha

    Advogado em Farroupilha

    Como se dirigir a palavra a um advogado?

    Bem-vindo (a), prezado leitor (a)! Você sabe o porque o advogado é chamado de doutor? Você vê que é uma cultura enraizada na sociedade, onde quer que você vá no Brasil, os advogados, mesmo sem ter a formação em doutorado, são chamados de doutor.

    Muitos estudantes e até leigos se perguntam o porquê de chamarmos os advogados de doutores, já que, tecnicamente, não existe necessariamente um grau de doutor durante o bacharel do direito ou a retirada da OAB. Iremos entender como essa terminologia foi inserida em nosso dia-a-dia.

    Vamos desvendar de onde surgiu esse costume?

    A frase “doutor é quem tem doutorado” é fortemente proferida na sociedade, porém, em concomitância, o advogado, mesmo sem ter formação de doutor, continua a ser chamado desta forma.

    Quais são as explicações para isso?

    Em uma primeira análise, os advogados são aqueles que mais estudam a lei, pois, ainda depois de formados, precisam acompanhar as novações legislativas, uma vez que, a lei não para e continua em constante mutação, portanto, esse profissional continua a estuda-la mesmo formado, cabendo dizer que, é o especialista mais apropriado para dar tratamento aos conflitos jurídicos.

    Desta forma, alguns dito populares o chamam de ‘doutor da lei’, comparando com um médico que tudo sabe sobre a biologia humana, os advogados seriam o doutor que tudo sabe sobre a lei.

    A fé de uma pessoa leiga quando procura um advogado é imensa, ela confia seu tudo a este profissional, e no mundo jurídico, todo conflito envolve um direito, seja ele objetivo ou subjetivo, e quando há um direito em jogo, há uma vida em jogo. Por isso, por vezes o ‘doutor da lei’ realmente se torna doutor aos olhos do seu cliente, que espera que ele resolverá a sua vida.

    Entretanto, sabe-se que não é dessa forma, nem tudo depende do advogado, ele está fadado as condições da lei, dos acordos realizados, das decisões judiciais e etc. O que lhe cabe é dar o seu melhor.

    Mas há um motivo real para o advogado ser chamado de doutor, além de ser enraizado como costume, você sabe qual?

    O advogado é aquele que está devidamente habilitado a advogar, prestar assistência jurídica as demais pessoas, nesta seara, ele visa a defender os interesses e direitos de seus clientes, conforme seu conhecimento jurídico para resolver as problemáticas que lhe são confiadas.

    Esse profissional, surgiu tendo em vista, a necessidade das pessoas se defenderem dos seus ao redor que tentavam obter vantagem indevida sobre seus bens. Desta forma, a primeira atuação da advocacia, ocorreu em momentos que as pessoas estavam recebendo ameaças de serem lesadas de alguma maneira, ou seja, contra a injustiça, violência e a fraude.

    Algumas fontes relatam que, a figura do advogado surgiu no terceiro milênio antes de Cristo, na Suméria. Nesse período, não havia necessariamente pessoas formadas para esse fim da profissão, mas, eram sábios que buscavam defender os interesses e direito.

    Quais serviços Um advogado presta?

    Um advogado possui diversas funções e serviços para prestar aos seus clientes. Um dos mais conhecidos é a representação em processos judiciais, seja em ações de defesa ou de cobrança. Nessa atuação, o advogado apresenta a defesa do cliente, apresentando argumentos, requerendo provas e agindo em prol dos interesses do cliente.

    Outro serviço muito importante é a consultoria jurídica. Nessa atuação, o advogado oferece orientações e esclarecimentos acerca de leis, normas e regulamentos que regem determinado negócio ou situação. Dessa forma, é possível evitar problemas futuros e tomar decisões mais conscientes e seguras.

    Além disso, o advogado também pode atuar em processos de mediação e arbitragem. Nesse contexto, a intenção é encontrar uma solução consensual para o conflito, sem que seja necessário acionar a Justiça. O advogado atuará como mediador ou árbitro, auxiliando nas negociações e na tomada de decisões.

    Outra área que um advogado pode atuar é o Direito Trabalhista. Nesse contexto, o profissional presta serviços para empregadores ou empregados, atuando na resolução de conflitos trabalhistas, elaboração de contratos de trabalho, entre outros assuntos.

    No que diz respeito ao Direito Imobiliário, o advogado pode prestar serviços como a elaboração de contratos de compra e venda de imóveis, locação, análise de documentos e regularização de propriedades.

    Por fim, é importante destacar que um advogado pode atuar em diversas outras áreas do Direito, como penal, tributário, de família, entre outras. Em todas essas áreas, o intuito é fornecer auxílio e representação ao cliente, visando atender suas necessidades e defender seus interesses.

    Um advogado é um profissional do direito que presta diversos serviços para seus clientes. Esses serviços vão além do atendimento em processos judiciais, incluindo consultoria, orientação, análise de documentos e participação em negociações.

    Um dos principais serviços prestados por um advogado é a consultoria jurídica. Nesse caso, o advogado pode orientar seus clientes sobre questões legais em diversas áreas, tais como direito civil, trabalhista, tributário, previdenciário, entre outros. Essa consultoria pode ser realizada de forma presencial ou online, dependendo da preferência do cliente.

    Outro serviço que um advogado pode prestar é a análise de documentos. Essa análise é importante em situações como contratos, acordos comerciais, compra e venda de imóveis, entre outros. O advogado pode verificar se há cláusulas abusivas ou se todas as informações estão em conformidade com a legislação, garantindo a segurança jurídica do cliente.

    O advogado também atua na representação dos clientes em processos judiciais e extrajudiciais. Nesse caso, o advogado pode atuar tanto na defesa como na acusação, sempre buscando a melhor solução para o cliente. Além disso, o advogado pode auxiliar na negociação de acordos e na mediação de conflitos.

    Por fim, um advogado pode prestar serviços em áreas específicas do direito, como propriedade intelectual.

    Como se dirigir a um advogado por E-mail?

    Qualquer pessoa que consulta e que conhece um advogado sempre o trata como “Doutor”.

    Qual o pronome de tratamento usado para advogado?

    Destinatário

    Tratamento

    Identificação do destinatário

    Vocativo

    Presidenta ou presidente da República e vice; vereadora ou vereador; governadora ou governador e vice; prefeita ou prefeito e vice; deputada ou deputado; senadora ou senador; secretária ou secretário de Estado; ministra ou ministro; secretária ou secretário municipal

    Vossa Excelência

    Excelentíssima Senhora ou Excelentíssimo Senhor

    nome (…) cargo (…)

    1. Para as destinatárias ou destinatários arrolados nesta tabela cujo cargo deve ser colocado em destaque, o vocativo será composto por: Senhora ou Senhor + cargo.

    Exemplos:

    • Senhora Prefeita ou Senhor Prefeito,
    • Senhora Governadora ou Senhor Governador,
    • Senhora Ministra ou Senhor Ministro,
    • Senhora Vereadora ou Senhor Vereador,
    • Senhora Bispa ou Senhor Bispo,
    • Senhora Comandante ou Senhor Comandante,
    • Senhora Secretária ou Senhor Secretário,
    1. No caso de cidadã ou cidadão comum cujo cargo não precisa estar em destaque, o vocativo deverá ser composto pelo pronome de tratamento seguido pelo nome da destinatária ou do destinatário ou por um adjetivo seguido pelo pronome de tratamento.

    Exemplos:

    • Senhora Luana da Silva,
    • Prezada Senhora,
    • Senhor Pedro Cabral,
    • Prezado Senhor,

    Presidenta ou presidente e membra ou membro de órgão do Judiciário: ministra ou ministro de tribunal superior (STF, STJ, TST, TSE e STM); desembargadora ou desembargador e juíza ou juiz

    Vossa Excelência

    Excelentíssima Senhora ou Excelentíssimo Senhor

    nome (…) cargo (…)

    Presidenta ou presidente e membra ou membro de tribunal de contas

    Vossa Excelência

    Excelentíssima Senhora ou Excelentíssimo Senhor

    nome (…) cargo (…)

    Presidenta ou presidente e membra ou membro do Ministério Público

    Vossa Excelência

    Excelentíssima Senhora ou Excelentíssimo Senhor

    nome (…) cargo (…)

    Advogada-geral ou advogado-geral e procuradora-geral ou procurador-geral

    Vossa Excelência

    Excelentíssima Senhora ou Excelentíssimo Senhor

    nome (…) cargo (…)

    Secretária-geral ou secretário-geral da Presidência da República; consultora-geral ou consultor-geral da República; secretária executiva ou secretário executivo de ministério; secretária ou secretário nacional de ministério

    Vossa Excelência

    Excelentíssima Senhora ou Excelentíssimo Senhor

    nome (…) cargo (…)

    Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas; chefe do Gabinete Militar da Presidência da República; secretária ou secretário da Presidência da República; chefe de estado-maior das três armas; oficial-general das Forças Armadas

    Vossa Excelência

    Excelentíssima Senhora ou Excelentíssimo Senhor

    nome (…) cargo (…)

    Reitora ou reitor de universidade e embaixadora ou embaixador

    Vossa Excelência

    Excelentíssima Senhora ou Excelentíssimo Senhor

    nome(…) cargo (…)

    Presidenta ou presidente e diretora ou diretor de empresa

    Vossa Senhoria

    Senhora ou Senhor

    nome (…) cargo (…)

    Procuradora ou procurador e defensora pública ou defensor público

    Vossa Senhoria

    Senhora ou Senhor

    nome (…) cargo (…)

    Cônsul, adida ou adido cultural e demais

    Veja mais
    Abrir conversa
    Fale com um especialista!
    Olá 👋, precisa de ajuda com Advogado em farroupilha? Fale agora com um especialista pelo WhatsApp! Estamos prontos para ajudar.